Renovando meu porta alfinetes diy

Este era o meu porta alfinetes, um fuxico redondo cheiinho e de um feltro azul nada glamouroso.

Ele era bem maior quando o fiz, parecia um bolinho, tinha um fundo reto e por cima era um meio círculo com cerca de 10 cm de diâmetro que começou a engolir minhas agulhas, foi quando eu percebi que precisaria alterar pela primeira vez.

Eu recopicsart_08-31-11.03.55.jpgrtei o fundo e reduzi as bordas puxando para baixo,da mesma form
a que se faz um fuxico. Eu não estava satisfeita com o porta alfinetes assim, eu queria algo acoplado para guardar meus alfinetes.

Lembro que minha mãe guardava seus alfinetes dentro de um remoto potinho de Ponds e era suficiente para ela. Fiz uma releitura e cheguei ao meu porta alfinetes das fotos da primeira parte. O fuxico estava colado  na tampa com cola quente, até que estava firme mas as bordas haviam descolado dando impressão que logo soltaria de vez. Nada glamouroso, eu sei.

Um porta alfinetes é uma ferramenta extremamente útil e muito adaptável. No Pinterest há pincushions da mais diversa criatividade, artesãs ostentam com patchwork, quilt, bordados, etc. Não há limites para a criatividade, a única regra é que o resultado final precisa atender às suas necessidades.

Então vamos ao passo a passo de como eu renovei meu porta alfinetes. Existem algumas considerações importantes que seria bom você saber antes de iniciar o seu projeto.

Parte 1: Eu apenas descolei o “fuxico” da tampa.

  1. Sobre o material: feltro não é o ideal para a parte exterior, pelo menos não da forma como eu fiz. O material desgastou muito com cerca de cinco meses de uso, repare na foto do  primeiro quadrante à direita, parece que foi usado por anos!
  2. Sobre o enchimento: Eu usei fibra de silicone retirada de um travesseiro velho depois, mas primeiro eu tentei usar retalhos de feltro que eu tinha (e tenho) bastante, não deu certo. Era difícil para colocar os alfinetes e mais difícil ainda mantê-los lá, eles ficavam soltando. Na época eu deixei o feltro para enchimento da base e usei a fibra na parte superior. Para renovar meu porta alfinetes eu retirei toda a parte de baixo, puxando a lateral como um fuxico, só ficou o enchimento de fibra.
  3. Sobre a parte do meio: isso é muito importante, o ponto cruz e mais tarde o botão servem para rebaixar o meio, minhas agulhas estavam se perdendo porque o porta alfinetes estava alto demais.

Parte 2:  Cobri meu “fuxico” com um bom tecido de algodão com estampa delicada e feliz 🙂 Usei linha de bordar dourada para fazer os gomos e prender o botão. Faça primeiro os gomos, isso também ajuda a regular a altura, faça a quantidade de gomos que achar necessário, só depois prenda o botão.

picsart_08-31-11.14.27.jpg

Parte 3: Esta foi a parte difícil. Eu prendi um prego em um alicate e esquentei a ponta do prego no fogão, eu fiz primeiro os quatro furos centrais mas resultou impossível costurara tampa ali, então eu voltei ao fogão e fiz a série de furos ao redor da tampa.

Eu usei linha de pesponto porque é mais forte, no começo foi bem difícil mas depois eu fui pegando o jeito. A agulha precisa entrar e sair em diagonal, passa no tecido na distância de um furo ao outro e depois inclina a agulha para voltar ao furo.

picsart_08-31-11.23.11.jpg

Parte 4: Resultado final, este é o meu porta alfinetes completamente renovado! Porque eu costurei o”fuxico” na tampa? Porque eu já tentei com cola quente uma vez e não ficou legal, até colou mas ficou repulsivamente feio, e costurando ficou com acabamento bem legal.

wp-1472739058422.jpg

Espero que algo do que eu escrevi seja útil para você, se fizer o seu deixe um comentário ou mande uma foto para mim, vou adorar ver!

Deixe uma resposta